Micropigmentação de Sobrancelhas

Micropigmentação de sobrancelhas: aqui tem ótimas dicas

Você sabia que existem diferentes tipos de micropigmentação de sobrancelhas? Pois é! Nos últimos anos, pudemos observar uma demanda cada vez maior por esse tipo de serviço.

O preenchimento definitivo se tornou uma verdadeira moda entre as mulheres e as profissionais começaram a se especializar para oferecer ótimos resultados.

Porém, se você quer seguir essa carreira, é preciso entender que existem diferentes técnicas para a micropigmentação.

Ao longo desse artigo, vamos apresentar as difereTnças entre cada procedimento e os seus resultados. Além disso, você vai conferir dicas de ouro para quem quer ingressar nesse mercado.

Mas, antes de mais nada, é preciso entender o que é essa técnica.

O que é micropigmentação de sobrancelhas?

De forma geral, a micropigmentação consiste na utilização de pigmentos e um aparelho conhecido como dermógrafo para depositar a “tinta” no rosto das clientes, definindo melhor o formato das sobrancelhas. Conheça aqui o aparelho dermógrafo.

A técnica é utilizada para preencher e corrigir falhas, ou até mesmo para transformar o aspecto das sobrancelhas. Por isso, a micropigmentação é sempre acompanhada do design de sobrancelhas, visando identificar as principais características das clientes para ressaltar sua beleza natural.

Os resultados da micropigmentação podem durar até 2 anos, dependendo dos cuidados das clientes. É por isso que este virou um serviço tão requisitado, já que dispensa o preenchimento contínuo com maquiagem!

Muitas pessoas confundem esse procedimento com as tatuagens. Porém, existe uma diferença relacionada às camadas da pele onde o pimento é depositado.

No caso das tatuagens, as agulhas atingem camadas muito mais profundas, o que garante o resultado vitalício do procedimento.

Por outro lado, a pigmentação ainda penetra a pele, mas não atinge camadas profundas. Logo, o resultado começa a desbotar depois de um tempo e precisa ser retocado caso a cliente deseje manter o desenho artificial das sobrancelhas.

Por último, vale ressaltar que as alergias e incômodos relacionados ao procedimento são bastante raras. Logo, você não precisa se preocupar com isso quando começar a buscar suas primeiras clientes!

Agora que você já sabe um pouquinho mais sobre a micropigmentação, vamos conhecer as diferentes técnicas utilizadas pelas profissionais?

Veja quais são os 5 tipos de micropigmentação de sobrancelhas:

Sobrancelha fio a fio

Micropigmentação sobrancelha - fio a fio

Essa técnica é a mais requisitada quando falamos sobre micropigmentação. Basicamente, a sobrancelha fio a fio consiste no desenho das sobrancelhas com fios semelhantes ao natural. Isso garante um resultado não tão marcado e muito mais suave.

Para isso, a profissional deve seguir a direção de crescimento dos fios, utilizando o dermógrafo com cuidado para alcançar o resultado perfeito para cada cliente.

Sobrancelha esfumada

A sobrancelha esfumada é mais semelhante à maquiagem com uma sombra ou lápis. Nesse caso, a profissional colore a pele para mudar a sua espessura ou para preencher e corrigir as falhas.

Nos primeiros dias, é normal que o resultado fique mais marcado e comece a se naturalizar ao longo do tempo.

Sobrancelha compacta

A micropigmentação compacta foi uma das primeiras técnicas que surgiram no mercado e hoje é considerada arcaica, embora algumas clientes continuem optando por esse método.

O problema da técnica é que as sobrancelhas são preenchidas por completo, sem se preocupar com o desenho dos pelos ou até mesmo com o formato das sobrancelhas. Logo, o resultado final fica muito marcado e pode prejudicar a beleza natural das clientes.

Sobrancelha degradê

A micropigmentação degradê, também conhecida como sobrancelhas ombré, é derivada do fio a fio, desenhando as sobrancelhas de forma natural. Porém, a diferença aqui é que os fios são coloridos com mais de um tom.

Por meio da utilização de dois pigmentos, as sobrancelhas ficam mais claras no início e escuras no fim, conquistando um resultado suave e natural. Além disso, as clientes conseguem também mais profundidade e volume no aspecto geral das sobrancelhas.

Sobrancelha shadow

Por último, temos também a micropigmentação de sobrancelhas com a técnica shadow. Também conhecida como micropigmentação sombreada, esse modelo é semelhante ao esfumado, mas é famosa por ser mais natural.

A técnica é ideal para quem tem sobrancelhas finas e com poucos pelos, já que ela garante mais volume e espessura no desenho. O sombreado desenhado mantém a naturalidade do look, mas ajuda a definir as características pessoais da cliente.

Qual é a diferença entre a micropigmentação e o microblading?

Outra dúvida bastante comum de quem quer começar a trabalhar com a micropigmentação é a diferença entre essa técnica e o microblading. Basicamente, a diferença está no equipamento utilizado.

Enquanto a micropigmentação é feita com o dermógrafo, o microblading é feio com um equipamento chamado tebori. Esse acessório está se tornando uma das profissionais por conta de suas agulhas mais finas, que permitem mais precisão na hora de desenhar os fios da sobrancelha.

Dicas para trabalhar com
Micropigmentação de sobrancelha -

3 dicas para trabalhar com micropigmentação de sobrancelhas:

Faça um curso profissionalizante

Se você se interessou pela profissão e quer começar a trabalhar com a micropigmentação, o primeiro passo é buscar um bom curso profissionalizante.

Geralmente, a micropigmentação é ensinada já nos cursos de design de sobrancelhas. Porém, existem alguns módulos com o foco especificamente nesse método, o que permite melhor aprofundamento na teoria e prática deste tipo de serviço.

Por tratar-se de algo definitivo e que envolve a perfuração da pele, é muito importante que você leve os estudos a sério. Afinal, um acabamento mal feito pode não apenas prejudicar a autoestima da sua cliente, mas também atrapalhar o seu rendimento financeiro.

Portanto, antes de mais nada, pesquise sobre os cursos disponíveis, sejam eles online ou presenciais. Ao estudar com bons profissionais, você garante que vai começar no mercado com o pé direito!

Treine

Após a conclusão do curso e a obtenção do seu certificado profissional, tenha em mente que os estudos não param por aí. É preciso praticar para garantir que você é uma profissional especializada e conseguirá garantir os melhores resultados possíveis.

Principalmente no começo da carreira, pode ser uma boa ideia treinar com as suas amigas ou familiares. Assim, você tem a oportunidade de praticar o que aprendeu no curso e aprimorar cada vez mais as suas habilidades.

Além disso, essas pessoas podem servir como modelos. O que é muito importante para seguir a próxima dica!

Micropigmentação de sobrancelha

Divulgue seu trabalho

Além de conhecer e dominar os diferentes tipos de micropigmentação de sobrancelhas, é preciso também correr atrás de clientes para garantir a sua fonte de renda principal. A boa notícia é que isso não é tão difícil quanto parece!

As redes sociais se tornaram as melhores amigas dos profissionais de beleza. Em plataformas como o Facebook e o Instagram, é possível publicar fotos dos seus trabalhos para chamar a atenção de possíveis consumidoras.

Com a frequência de postagens, você começa a criar o seu público alvo e consolida sua marca como prestadora de serviços. Portanto, sempre que atender alguém, não se esqueça de tirar fotos do antes e depois para ter conteúdo para publicar.

Agora que você já conhece os diferentes tipos de micropigmentação de sobrancelhas e as principais dicas para começar a trabalhar, chegou a hora de investir no seu futuro! Então, que tal encontrar o melhor curso e começar a treinar agora mesmo? Veja também nossas outras matérias com dicas para você que ama trabalhar no ramo da beleza!

Caso você ainda tenha dúvidas sobre os diferentes tipos de micropigmentação de sobrancelhas, deixe seu comentário no espaço abaixo. Aproveite também para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *