Micropigmentação dos olhos

Micropigmentação dos olhos: tudo que você precisa saber

Você é uma daquelas pessoas que passa muita raiva na hora de fazer um delineado? Mas, a micropigmentação dos olhos promete resolver este problema!

Também conhecido como delineado definitivo, a proposta deste procedimento é evidenciar a região dos olhos sem precisar do uso de um delineador ou lápis.

Ou seja, uma excelente opção para aquelas pessoas que não tem tempo para aplicar esta técnica todo dia.

Além disso, se você já é craque em fazer aquele olho de gatinho, mas se irrita porque não pode coçar os olhos à vontade, ou porque em dias muito quentes a make acaba derretendo.

Nesse caso a micropigmentação também pode ser para você!

Neste artigo, preparamos tudo o que você precisa saber antes de fazer este procedimento, e vamos dar algumas dicas valiosas para aqueles que desejam se especializar!

Vem conferir!!

Como funciona a Micropigmentação dos Olhos? 

Micropigmentação dos olhos: tudo que você precisa saber 1

Como já falamos, a micropigmentação tem como objetivo imitar o delineado convencional.

Para isso, é depositado um pigmento específico para a região dos olhos em cima dos cílios,  afinal, o objetivo desta técnica é deixar um efeito natural. 

Contudo, se o cliente desejar aumentar a espessura do traçado, ou fazer o famoso delineado de gatinho, também é possível realizar, pois esta técnica é totalmente personalizável.

Lembrando que é preciso respeitar o limite de 1 milímetro da linha traçada nos cílios.

Da mesma forma que a micropigmentação dos lábios, capilar e das sobrancelhas, esta técnica utiliza o dermógrafo.

Suas microagulhas permitem desenhar contornos super finos e o procedimento é praticamente indolor.

A região dos olhos, por ser extremamente sensível, pode gerar um desconforto maior que outras partes do rosto.

Por isso, os profissionais costumam aplicar uma pomada anestésica somente na parte externa para aliviar o incômodo.

Profissional de micropigmentação dos olhos

Se você está pensando em se especializar nesta área e pretende adquirir em breve um dermógrafo profissional pesquise bem e esteja atento as especificações do aparelho.

Considere que as agulhas e acessórios da marca (não são universais), ou seja, veja se é fácil de achar reposição dessa peças.

Outro detalhe a observar é frequência de velocidade, potência, tempo de garantia e manutenção do fornecedor.

Lembrando que os dermógrafos com vibrações mais leves são os mais indicados para iniciantes.

Esta técnica requer muita precisão e ter um aparelho de excelente qualidade em mãos pode influenciar no resultado final.

Conheça sobre os tipos de Pigmento para micropigmentação dos olhos

Micropigmentação dos olhos: tudo que você precisa saber 2

É importante levar em consideração o tom de pele de cada pessoa no momento de escolher o pigmento para que o resultado saia como desejado.

As cores de pigmentos mais usuais no mercado para pigmentação dos olhos são as tonalidades de preto e marrom.

Aliás, cuidado com os tipos de pigmentos utilizados pela clínica onde você irá realizar, pois se o produto não for de boa qualidade, a cor pode sofrer alterações depois de um certo tempo.

Busque verificar se o pigmento é orgânico ou não, pois aqueles que não são possuem metais como chumbo, ferro e cobre em sua composição, além de serem mais propícios a causar algum tipo de alergia ou irritação.

Já os orgânicos são derivados de elementos naturais e resultam em cores mais vibrantes quando inseridos na pele.

Por isso, são considerados mais seguros tanto para procedimentos como a micropigmentação dos olhos, como para a realização de tatuagens.

Quantas sessões são necessárias e qual o tempo de duração?

Micropigmentação dos olhos - delineado definitivo

Diferente de outras regiões do rosto, a micropigmentação dos olhos não precisa ser retocada!

Então em apenas uma sessão, que tem o tempo médio de uma hora de duração, é possível alcançar o resultado almejado.

Assim como os outros tipos de micropigmentação, o período de duração varia muito de acordo com o organismo da pessoa, seu sistema imunológico e os cuidados posteriores.

Mas, seu delineado pode durar de 1 ano e meio a 4 anos.

A sugestão é que você repita o procedimento quando a cor do pigmento não estiver mais na tonalidade que você deseja.

Cuidados da Micropigmentação dos olhos

Micropigmentação dos olhos: tudo que você precisa saber 3

A escolha de um profissional especializado é de extrema importância porque não é recomendado realizar este procedimento com tatuadores.

Isso porque pouquíssimos são habilitados para pigmentar esta região.

Há algumas áreas nos olhos que precisam ser evitadas, como: o canto interno, o canto externo e o canal lacrimal.

Caso o profissional exerça muita força na região das glândulas lacrimais, pode ocorrer a migração do pigmento para regiões ao redor dos olhos. Isso acaba deixando várias manchas.

Sendo assim, cuidado ao desejar realizar traços muito largos. Existem alguns limites que precisam ser respeitados mesmo que o cliente deseje um delineado maior.

Outro ponto importante é em relação aos possíveis riscos devido à falta de higienização, tanto da região dos olhos, quanto dos materiais.

Lembrando que as agulhas dos dermógrafos não podem ser reaproveitadas! 

A má higiene pode ocasionar a ceratoconjuntivite, além do perigo de contrair doenças como a hepatite, caso os materiais utilizados não sejam descartados a cada sessão.

Além disso, por mais que sejam raros estes acontecimentos, há o risco de lesão na córnea, caso o profissional seja muito inexperiente ou não seja habilitado para a aplicação desta técnica. Confira agora as principais contraindicações!

Contraindicações para a micropigmentação dos olhos

Micropigmentação dos olhos - Contra indicações
  1. Gestantes ou mulheres em período de amamentação (ainda que haja consentimento médico, é melhor evitar);
  2. Diabéticos (mesmo com autorização médica é preciso ter cuidado, pois o processo de cicatrização é muito mais lento);
  3. Pessoas com doenças autoimunes de pele, como o lúpus e a psoríase;
  4. Pessoas em tratamento de câncer (também precisa de autorização médica);
  5. Hipertensos;
  6. Presença de cicatriz queloide na região próxima dos olhos;
  7. Clientes que fazem uso contínuo de ácido ou aspirina (será necessário suspender o uso durante um período antes e após o procedimento)

É recomendado sempre realizar um teste de alergia antes de realizar a micropigmentação dos olhos, principalmente nas clientes que têm a pele mais sensível.

Em relação ao preço da sessão, a média pode variar de R$400 a R$1500 reais. Isso vai depender da cidade, região e do profissional.

Cuidado com procedimentos muito baratos, pois a qualidade dos materiais utilizados podem ser questionáveis.

Curtiu este conteúdo? Ele foi útil para você?

Então acesse nosso blog e confira todos os nossos artigos com matérias super interessantes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima