História da Maquiagem

Conheça a Verdadeira História da Maquiagem

Você sabe qual a verdadeira história da maquiagem? Tem alguma ideia de qual civilização antiga deu origem a este costume?

Pois nós garantimos que você irá se surpreender ao descobrir quais foram os primeiros povos que utilizavam os produtos da natureza para se embelezar no dia a dia.

Neste artigo, vamos te contar sobre as origens e os significados da maquiagem ao longo dos milênios e como se deu sua evolução até os dias de hoje!

Vem conferir!

Qual o significado da Maquiagem?

Antes de falarmos sobre os primeiros registros que temos na história dos povos que a utilizavam, precisamos entender todos os significados que foram atribuídos à maquiagem ao longo dos anos.

É do conhecimento de todos que os nossos ancestrais enfrentaram muitas guerras. E, a maquiagem esteve muito presente nesses conflitos representando força e imponência perante os inimigos.

Além disso, ela era um excelente recurso para os guerreiros que precisavam se camuflar. Ou seja, não era apenas algo estético, mas possuía uma função importante nas batalhas.

Outro fato interessante é que algumas civilizações acreditavam que o ato de se maquiar poderia aproximá-las dos Deuses e alcançar a cura de algumas enfermidades.

Por essa relação com rituais religiosos, a Igreja Católica tentou banir seu uso durante a Idade Média. Já pensou não poder esconder aquela olheira pesada que aparece quando não dormimos bem?

Não é à toa que a Idade Média foi conhecida como a Idade das Trevas!

A História da Maquiagem na Antiga Civilização Oriental

história da maquiagem - saiba detalhes

A maquiagem é um dos elementos utilizados para caracterizar e diferenciar as culturas, afinal, cada civilização possuía seu próprio estilo.

Os registros históricos mais antigos datam que a maquiagem era um costume entre os povos que habitavam o Egito, a Mesopotâmia, a Fenícia, a China…

Ou seja, civilizações orientais que viveram há 3.000 mil anos a.C. Você já imaginava que fosse tão antigo assim?

Antigo Egito

Pois bem, no Egito a pintura na região dos olhos era algo muito marcante, e o produto responsável pelos grandes delineados era chamado Khol (um composto feito de alguns minérios e carvão).

No Museu do Louvre, em Paris, há algumas amostras de restos de cosméticos usados pelos egípcios. Inclusive, algumas pesquisas apontam que eles eram um dos melhores fabricantes desses produtos de beleza.

Por esse motivo, essa civilização é considerada a verdadeira pioneira da maquiagem.

Apesar desse costume estar presente entre outros povos que viveram na mesma época, vários historiadores consideram que foi no Antigo Egito em que se consolidou o hábito de se maquiar diariamente.

Outro fato interessante é que os egípcios faziam processos químicos refinados na produção de seus cosméticos, mesmo utilizando só elementos naturais como frutas, açafrão, terra, hena, índigo…

É simplesmente incrível os métodos, engenharias e instrumentos que os povos egípcios possuíam mesmo em tempos remotos!

Mesopotâmia

Da mesma forma que no Antigo Egito, os povos assírios, sumérios e babilônios, que habitavam a região da Mesopotâmia, tinham o costume de usar maquiagem.

Na Babilônia, por exemplo, as pessoas também utilizavam o Khol para poder pintar seus olhos.

Além disso, era comum que os homens maquiassem o rosto de branco e as bochechas de vermelho quando iam para a guerra.

Vá à luta, mas não esqueça o blush!

Já os assírios tinham o hábito de usar a hena (um tipo de planta com muito corante) para maquiar todo o corpo.

Contudo, na Suméria, a moda era pintar a região acima do nariz para fazer uma grossa monocelha.

A matéria prima para realizar essas pinturas era proveniente de pétalas de rosas, cera de abelha, carbonato de chumbo, gordura solidificada, corante de folhas, minérios, entre outros elementos.

Aliás, você deve estar se perguntando: como as antigas civilizações aplicavam toda essa make up?

Bom, além das próprias mãos, os povos antigos também utilizam penas, pedaços de madeira e até pedaços de caule oco para poder aplicar e armazenar seus produtos.

É ou não é super interessante a História da Maquiagem?

Mas, agora que sabemos como foi o desenrolar da história da maquiagem na parte oriental do mundo, como será que o uso da maquiagem se deu no Ocidente? Continue lendo o artigo e descubra!

A Maquiagem na Antiga Civilização Ocidental

Na Grécia, a maquiagem fez mais sucesso entre as mulheres, que também eram adeptas do famoso Khol utilizado no Egito.

Entretanto, ao invés de fazer delineados pesados, o olho esfumado era a moda entre as gregas.

Delineados na história da maquiagem

Mas, seu uso foi bastante criticado e até chegou a ser proibido, pois muitos gregos acreditavam que as pessoas não deveriam se preocupar em embelezar seus rostos, mas sim seu espírito.

Já em Roma, o padrão de beleza entre o público feminino era uma pele pálida e uma make mais leve. Para isso, elas usavam produtos à base de chumbo branco, que era bastante nocivo para a saúde.

Além disso, um fato relevante é que as romanas gostavam de tomar banho de leite para deixar a pele mais bonita. Essa tendência se iniciou no Egito com a famosa Cleópatra, ícone de beleza da época.

Como foi sua evolução?

Depois do fim da Idade Média, onde seu uso foi banido, a maquiagem começou a ressurgir das cinzas no período da Renascença.

Na Itália, por exemplo, o uso do pó de arroz se popularizou e, assim como na Roma Antiga, a moda era a palidez e as bochechas levemente coradas. Maquiagens muito pesadas eram relacionadas com as prostitutas.

Contudo, apesar da Idade Moderna ter sido um marco para o retorno dos produtos de beleza, o Parlamento Inglês, em 1770, restringiu os cosméticos, entre outros acessórios como espartilhos e enchimentos, pois era um ato de bruxaria seduzir os homens para o matrimônio dessa maneira.

Ou seja, se algum homem alegasse que foi enganado pela mulher, pois ela utilizou de artifícios para atraí-lo, o Parlamento iria permitir que seu casamento fosse anulado.

Sem comentários sobre esse fato!

Enfim, na Idade Contemporânea (século XVIII), o uso da maquiagem voltou a ser difundido, mas sua produção ainda era algo muito caseiro.

Somente no século XX que esses cosméticos começaram a ser produzidos e comercializados em larga escala.

Além de tudo, o século XX foi marcado por grandes produções de Hollywood que ditavam as tendências de moda e estilo de make.

A Maquiagem no Século XXI

Deixando um pouco a história da maquiagem no passado e voltando para a atualidade, sabemos que novas funções e significados foram agregados a este costume de se maquiar.

Os produtos de beleza estão cada dia mais tecnológicos e sofisticados. A estética está andando lado a lado com os tratamentos rejuvenescedores.

Além disso, a influência da maquiagem sobre a autoestima das pessoas, e seu poder de empoderamento, é algo que está sendo cada dia mais debatido.

A maquiagem, além de ser uma fonte de renda para muitos, se tornou um recurso que nos permite entender e expressar nossa autenticidade.

Por isso, se maquia! Explore todos os tipos de beleza que você pode ter!–––

Gostou de conhecer todas essas curiosidades sobre a história da maquiagem?

Acesse nosso Blog e fique por dentro de todas as nossas matérias!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *